banner notícias

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta terça-feira, 18, que o governo pretende encaminhar no segundo semestre deste ano ao Congresso a proposta de reforma tributária. Meirelles assinalou que a ideia é colocar à votação dos parlamentares a reforma trabalhista e, na sequência, as reformas da Previdência e tributária.

Em discurso proferido em seminário organizado pelo Itaú Unibanco na capital paulista, o ministro destacou que o objetivo do Planalto é que as três matérias sejam aprovadas ainda neste ano.

“O cronograma, na realidade, é a votação da reforma trabalhista, da reforma da Previdência e da reforma tributária neste ano. O grupo já está trabalhando, com a participação de parlamentares, técnicos e secretários. Acreditamos que teremos condições de votar neste ano”, disse Meirelles ao responder se o governo, em meio à negociação de uma série de reformas, teria tempo de encaminhar a simplificação tributária.

O titular do Ministério da Fazenda alertou que, se o cronograma de reformas não for aprovado, o País enfrentará nos próximos anos dificuldades em relação à velocidade de crescimento da economia.

Fonte: Estadão Economia

Por favor, nos siga e compartilhe essa notícia!
LinkedIn0
RSS
Facebook0
Facebook
GOOGLE
SHARE

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.