O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reconheceu nesta terça-feira (8) que ainda vai levar alguns meses para a população sentir a melhora da economia, mas voltou a reafirmar que o Brasil já saiu da recessão e que o país já está “na rota certa”.

‘O feel good factor [expressão em inglês que indica o momento em que a maior parte da população começa uma melhora] vai começar a aparecer daqui a um pouco na economia, vamos começar a ver isso devagar, mas vai aparecer”, disse o ministro em palestra em congresso da Fenabrave, em São Paulo.

Em entrevista, Meirelles avaliou que o processo de retomada do crescimento ainda não é perceptível pela maior parte das pessoas “porque o desemprego continua muito elevado e atividade saindo de um nível baixo”.

“Já saímos da recessão mais longa da nossa história. Sei que muitas vezes a gente não gosta da expressão ‘já saímos’, porque tem alguns setores que estão com algum problema, o desemprego ainda está alto. Mas, o fato concreto é que os números mostram que a atividade já está crescendo”, afirmou, citando a queda da inflação e do desemprego.

“Evidentemente que o desemprego está elevado, então vai demandar vários meses até que de fato isso seja algo que comece a fazer efeito na vida das pessoas”, avaliou.”O mais importante é que [o desemprego] começou a cair”, destacou.

Com relação à reforma da Previdência, Meirelles trabalha com a expectativa de aprovação ainda neste semestre.

O ministro manteve a previsão de que o PIB (Produto Interno Bruto) fechará o 4º trimestre com alta de 2% na comparação com o 4º trimestre de 2016, iniciando 2018 em um ritmo anualizado de 3,2%.

O mercado financeiro projeta um crescimento de 0,34% do PIB em 2017, segundo o boletim Focus do Banco Central. Para 2018, os economistas das instituições financeiras estima uma expansão da economia em 2%.

Fonte: G1

Por favor, nos siga e compartilhe essa notícia!
LinkedIn0
RSS
Facebook0
Facebook
GOOGLE
SHARE

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.